Clássico do teatro do absurdo no Julhofest

Na próxima segunda, dentro da programação do Julhofest acontece o espetáculo “A Cantora Careca”, grande clássico do teatro do absurdo, a peça foi vencedora do Prêmio Benigno Gaiga de Incentivo ao Teatro 2019 e será encenada pela Companhia Tema de Artes Cênicas.

Considerada a primeira produção da corrente batizada de Teatro do Absurdo, a obra foi escrita pelo dramaturgo francês EugéneIonesco, o texto é irônico, com diálogos absurdos que levam a total impossibilidade de comunicação entre os seis personagens.

Segundo a adaptadora e diretora do espetáculo, Juliana de Almeida, o foco central da peça é a linguagem, fazendo uma referência a um tenebroso futuro para as relações humanas, e consequentemente da comunicação e a impossibilidade de diálogo, inclusive tão comum nos tempos atuais com as redes socias, relata Juliana.

No elenco Luiza Cagnani, Johnny Hansk, Guilherme Arian, Caetano Benetti, Rosana Lovato e Anderson Almeida. Na técnica Kaique Caliari e direção de Juliana de Almeida.

Fechar Menu