Deu B.O. no Conselho

A última reunião do Conselho Deliberativo da Caldense, realizada na noite de terça-feira ainda com a presidência do conselheiro Wanderley Elias Colhado teve momentos de tensão quando dois opositores da atual diretoria, que vivem arrumando encrencas, tentaram registrar chapa para concorrer à eleição do Conselho Deliberativo. Como se sabe, o presidente eleito, José Donato, foi substituído no cargo em janeiro, sendo eleito para o seu lugar em um mandato tampão o conselheiro Wamderley Colhado.

Ao conferir as assinaturas, da chapa que pleiteava o registro, algumas delas apresentaram indícios de falsificação, o que gerou um mal estar na reunião, com o presidente em exercício se negando a efetuar o registro. Para dirimir qualquer dúvida foi registrado na polícia um Boletim de Ocorrência e por se tratar de crime que envolve suspeita de falsidade ideológica, o delegado está obrigado a abrir inquérito para investigar se as assinaturas são falsas.

Caso a conclusão seja afirmativa, vai render aos autores das falsificações um processo criminal e a expulsão definitiva do clube. Um dos envolvidos foi “gentilmente’ convidado a se retirar do local onde se realizava a reunião, pelo presidente Wanderley Colhado.

Fechar Menu