DME informa situação dos reservatórios

O mês de fevereiro vem se mostrando muito chuvoso e a intensidade tem causado danos em nossa cidade e toda a região. Apenas nos primeiros 11 dias foi registrada a incidência de 405 mm de chuva, conforme levantamento realizado na Barragem do Cipó, onde a DME Distribuição possui estação de medição.

A previsão indica chuva em alguns períodos do dia até o fim de semana. Sites especializados continuam com o alerta de temporais em todo o estado.  Em Poços, dados históricos apontam que em fevereiro a incidência média de chuva é de 561 mm. Assim, já foi atingido mais de 70% do valor total médio previsto, destaque para as chuvas dos dias 04 (70mm), 05 (109mm), 06 (66mm) e 11 (73mm).

O volume de água contribui para a recuperação dos reservatórios, após a estação seca. Vale lembrar que as barragens sob responsabilidade da DME são monitoradas e têm se comportado dentro do previsto, uma vez que foram calculadas para chuvas extremas, com tempo de recorrência de 10.000 anos.

A Barragem Bortolan atingiu o nível de vertimento de 30 cm, sendo necessário o acionamento da válvula de fundo. Por outro lado, a Barragem do Cipó encontra-se na época de enchimento, ou seja, ainda não está vertendo, mesmo estando com nível acima do esperado para o mês. As diferenças ocorrem devido à capacidade e estrutura de cada uma delas.

“Ainda é esperado que as chuvas continuem em março. O Cipó tende a demorar um pouco mais para atingir seu nível máximo, o que é normal pelo tamanho do reservatório. O volume de chuva pode ajudar com que isso seja antecipado. Por isso, ressaltamos que temos acompanhado a situação de cada uma, separadamente”, finaliza Marcelo Dias Loichate, Diretor Superintendente da DME Energética.

Fechar Menu