Informações sobre pagamentos a agentes políticos

 

A vereadora Maria Cecilia Opipari (Ciça), protocolou e será lido na sessão desta terça-feira e logo após submetido ao plenário, requerimento indagando do chefe do executivo que informe a Câmarase o Prefeito, o Vice-Prefeito e os Secretários Municipais receberam férias ou décimo terceiro na gestão da atual Administração Municipal. Em caso positivo em quais datas, quais os valores recebidos? Ainda em caso positivo qual é o embasamento legal?

O pedido de informações tem por base o fato de que no “Portal da Transparência” as folhas de pagamento dos servidores e agentes políticos contêm informações discriminados sob a rubrica “outros”.

O requerimento, que é assinado também pelos vereadores Paulo Tadeu e Joaquim Alves, solicita ainda para que o executivo encaminhe cópia detalhada dos proventos e descontos legais realizados nas folhas de pagamento do Prefeito, do Vice-Prefeito e dos Secretários Municipais, a partir do mês de janeiro de 2018 até o mês janeiro de 2020.

Por último solicita que seja informado ao legislativo seo Prefeito Municipal licenciou-se do cargo ou gozou férias por mais de 15 dias consecutivos. Em caso positivo em qual período?

 

Plano B

Preocupados com uma possível debandada dos Democratas que pensam em lançar candidato próprio para a prefeitura, lideranças do PSDB analisam colocar em prática um Plano B, que seria manter como aliado o grupo do Rede Sustentabilidade.

Neste caso, Flávio Faria continuaria fazendo dupla com o prefeito Sérgio, tanto pode ser na vice como até mesmo na cabeça de chapa, tendo como vice o atual prefeito. E como o objetivo maior da Rede é fortalecer o partido na cidade, elegendo vereadores e ao mesmo tempo preparar o terreno para que Flávio Faria possa ser candidato a deputado estadual, o acordo pode sair.

 

Mais dois

A lista de candidatos a prefeito, que já conta com sete candidatos, (PSDB, Cidadania, Novo, PSOL, PT, PSB, DEM) pode ser acrescida de outros dois nomes caso o PDT confirme a candidatura de Eduardo Junqueira Dias, o “Duzinho”, apresentado em vídeo nas redes sociais por Ciro Gomes, e o professor Pedro Henrique Oliveira, do PSC, apadrinhado pelo presidente da legenda, Wanderlei Monteiro.

Com nove ou mais candidatos vai ser complicado realizar os costumeiros debates. Pelo visto será preciso fazer sorteio e dividir o debate em dois, se é que isso é possível e a lei permite.

 

PT corrige informação

A Comissão Executiva Nacional do PT, reunida no Rio  no último dia 7, definiu que a politica de alianças do partido para as eleições municipais exclui os partidos que sustentam a política ultraneoliberal do governo Bolsonaro (DEM e PSDB) e veta composições com os partidos de extrema-direita. O PT definiu como centro estratégico eleitoral “a construção de alianças com PCdoB, PSOL, PDT, PSB, Rede, PCO e UP.”

Alianças com outros partidos podem ser feitas, onde o PT tenha candidatos a prefeito, desde que autorizadas pelo Diretório Estadual, mas não podem incluir os partidos ultraneoliberais e os de extrema-direita, diferentemente do que foi noticiado pela imprensa.

Que pena, com a informação fica então suspensa qualquer possibilidade de os ex-amigos Paulo Tadeu e Sérgio reatarem a amizade para caminharem juntos nesta eleição.

Fechar Menu