Interlocutor

Nesta fase em que a cidade continua sem representação na Câmara Federal, a amizade do presidente da Confederação Maçônica do Brasil, Lázaro Salles, com o vice-presidente, Hamilton Mourão, pode se transformar em uma porta aberta para aproximação com o governo municipal e seus aliados que estão na equipe de governo.

Com o estreito relacionamento entre os dois integrantes da maçonaria, o prefeito terá um caminho para chegar até os ministérios e reivindicar recursos para o município, além de facilitar o andamento de projetos que já estão ou serão protocolados junto ao governo federal.

Como este governo é ligado aos militares e a maçonaria, além de Lázaro Salles, o chefe do executivo ainda pode contar com as amizades do presidente do PTB local, Waldir Miguel, para abrir portas junto ao governo do estado agora comandado por Romeu Zema.

Fechar Menu