Lançamento do Parlamento Jovem

Com a presença de alunos e professores das 10 escolas que fazem parte do Parlamento Jovem em 2019, a Câmara de Poços realizou, na última segunda-feira (11), a cerimônia de lançamento do projeto. O evento contou, ainda, com a participação do presidente da Casa, Carlos Roberto de Oliveira Costa (PSC), e de vários vereadores, da coordenadora do Polo Sudoeste do Parlamento Jovem, Bruna Luíza dos Santos, da integrante do Conselho Municipal De Promoção de Igualdade Racial e Étnica (Compiré), Maria Augusta Clementino, e da presidente da Associação Cultural Afro-Brasileiro Chico Rei.

Neste ano, o tema do projeto é Discriminação Étnico-Racial, dividido nos subtemas Desigualdades socioeconômicas, Violências por motivo étnico-racial e Direitos às identidades e à diversidade cultural. Durante o encontro de lançamento, os alunos assistiram a um vídeo sobre o PJ, tiveram um momento de interação e receberam a primeira oficina de formação política, com a professora Isadora Prévide Bernardo, Doutora em Filosofia pela USP.

De acordo com a professora, o objetivo da oficina foi fornecer instrumentos e conceitos básicos da política para os alunos. “Iniciei a palestra com a definição do conceito de política e, em seguida, busquei discutir o que alguns filósofos entenderam como política e a reunião dos homens em sociedade. Com a introdução filosófica feita, analisei conjuntamente com os alunos os artigos primeiro e terceiro de nossa Constituição e demostrei as influências de alguns pensadores. Procurei, também, explicar os conceitos que compõem a expressão República Federalista Democrática Presidencialista do Brasil, mostrando a importância de cada uma das nossas instituições”, pontua.

Laura Alves da Costa é aluna do 3º ano do Centro Educacional Poços de Caldas e participou, durante o lançamento, de uma dinâmica proposta pela coordenação municipal do projeto. Para ela, que está no Parlamento Jovem pela primeira vez, a expectativa é muito positiva. “No ano passado eu queria muito ter participado, mas não consegui. Esse ano eu e minha turma estamos aqui e adorando. O que o pessoal da Mesa disse foi inspirador, o vídeo também, pois é uma temática muito pessoal, tanto para mim como para a minha família e amigos. É uma oportunidade única de termos nossa voz ouvida”, ressalta.

 

Fechar Menu