Massacre na escola

Eram 9h42m quando Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, e Luiz Henrique de Castro, de 25, entraram na Escola Estadual Professor Raul Brasil, em Suzano, na Grande São Paulo, e atacaram a esmo alunos e funcionários, usando revólver, machado, coquetéis molotov e até uma besta, espécie de arco medieval. Cinco estudantes e duas funcionárias morreram, e 11 pessoas ficaram feridas. Quando a dupla foi encurralada pela polícia num corredor, Guilherme matou o comparsa e se matou. Antes do massacre, eles haviam assassinado um tio de Guilherme ali perto. (O Globo)

Fechar Menu