Nova fábrica no Distrito Industrial

A empresa Termo Fibra, de Poços de Caldas, fundada em 2005, acaba de inaugurar a nova sede no Distrito Industrial. A empresa faz manutenção em equipamentos de refrigeração, isolamento térmico de utilitários e ainda fabrica baús frigoríficos e de produtos secos  para transporte.  “A nossa estrutura, perto do Véu das Noivas, ficou pequena, sem essa parceria com a prefeitura, não íamos ter a oportunidade de ampliar a fábrica e de gerar mais empregos”, explicou o sócio da empresa, José Eduardo Ferrari.

A Termo Fibra nasceu como uma empresa familiar e hoje emprega 15 pessoas. No Distrito, eles receberam uma área de 2.800 metros quadrados, investiram R$ 800 mil e têm a perspectiva de ampliar rapidamente a  produção e atendimentos. “ Vindo para cá, a curto prazo, vamos aumentar em 20% os negócios e em um ano, a perspectiva é que possamos aumentar em 100%. Queremos fazer negócios e gerar empregos”, ressaltou o sócio Donizete Noronha. Os funcionários também estão confiantes nessa meta.“ Essas novas instalações vão refletir na melhora da qualidade do serviço, teremos mais espaço para trabalhar e um ambiente mais adequado”, contou Cleiton Giovani Júnior, soldador, há 7 anos na empresa.

 

Orçamento de 2020 será debatido em audiência pública

Atendendo ao que estabelece a Lei Orgânica do Município, a Câmara de Poços realiza, na próxima quarta-feira a partir das 17h, audiência pública para discutir o projeto de lei que estabelece a proposta orçamentária, estimando a receita e fixando a despesa do município para 2020. De acordo com a matéria encaminhada pelo Executivo, o Orçamento do próximo ano será de R$ 886.710.488,00.

Ainda durante a audiência, será debatido o projeto de resolução n. 04/2019, que referenda a despesa da Câmara de Poços para o ano que vem, no valor de R$ 21.300.000,00. As duas matérias estão em análise pelas comissões permanentes do Legislativo e podem receber emendas dos vereadores antes da votação.

No projeto encaminhado à Câmara, a administração ressaltou que a proposta orçamentária para 2019 está relacionada ao programa de trabalho previsto no Plano Plurianual 2018-2021 e na Lei de Diretrizes Orçamentárias. Segundo o prefeito Sérgio Azevedo, o Orçamento prioriza a destinação de recursos para atender às crescentes demandas nas áreas sociais, em especial Saúde, Educação e Assistência Social. O mesmo projeto foi debatido pela administração em audiência realizada no Espaço Cultural da Urca, em setembro desse ano.

Para o presidente da Câmara, vereador Carlos Roberto de Oliveira Costa (PSC), este é um debate importante, que atende à determinação da Lei Orgânica do Município. “É um momento em que a comunidade deve participar para conhecer o projeto apresentado pelo prefeito e também fazer as suas reivindicações pertinentes à proposta orçamentária para que, caso elas não estejam incluídas no projeto, os vereadores possam, dentro da legalidade, apresentar emendas. O projeto é amplo e necessita, anualmente, de uma análise criteriosa dos vereadores, através das comissões permanentes”, ressalta

As inscrições para uso da palavra durante a audiência devem ser feitas no e-mail comunicacao@pocosdecaldas.mg.leg.br até as 18h da véspera do evento, conforme edital de convocação. Dúvidas ou sugestões também poderão ser feitas por escrito, através de um formulário que será distribuído no início do encontro. Os dois projetos de lei em pauta estão disponíveis para consulta no Portal da Câmara, em Proposições.

Fechar Menu