Plano C

A discussão sobre a localização da feira de arte e artesanato que acontece nos finais de semana e feriados ganhou uma terceira opção. Como se sabe, a ACIA encaminhou oficio ao chefe do executivo sugerindo que a feirinha continua onde está e não volte mais para a Praça dos Macacos que está sendo reformada. Os expositores reagiram dizendo que querem voltar para o local onde estavam, ou seja, na praça após a reforma ser concluída.

Uma terceira opção está sendo analisada pela secretaria de turismo, atendendo a sugestão do prefeito que seria o deslocamento da feirinha para a Rua São Paulo. A secretaria analisa se todos os expositores poderiam ser acomodados no quarteirão entre a Praça Pedro Sanches e a Rua Assis Figueiredo.

Aposto um doce como a feirinha volta mesmo é para a praça, assim que a reforma for concluída.

 

Animação

O efeito das ações do Ministério Público contra o prefeito e o desgaste que isso vem provocando na sua imagem deixou mais animado o grupo de oposição. No próximo dia 13 (coincidência), o PSB realiza reunião para lançamento do partido com a principal estrela sendo o ex-prefeito Eloisio Lourenço.

Como o prefeito Sérgio não vai poder criticar o antecessor por ter sido condenado por uma simples ata de adesão que não causou prejuízo aos cofres municipais, Eloisio, segundo consta, ficou ainda mais animado para enfrentar o adversário nos debates durante a campanha.

 

Livro de memórias

Aos mais chegados o prefeito Sérgio Azevedo tem dito que está escrevendo um livro sobre sua passagem pelo comando da prefeitura nesses quatro anos de mandato. Promete contar tudo o que acontece nos bastidores do poder e as inúmeras dificuldades que um prefeito enfrenta no cargo.

Com certeza vai revelar nesse livro a enorme vontade que tem de colocar alguns secretários para correr, mas não o faz por conta das amarras partidárias, em especial do grupo da Rede com quem divide o governo.

Talvez revele neste livro algumas traições de vereadores da própria base e a pressão que sofre por parte dos caciques do seu partido para empregarapadrinhados que só pensam em tirar proveito da administração.

Deve reservar um capítulo especial para o Ministério Público que o está processando por improbidade administrativa, responsável pelas noites sem dormir, mesmo fazendo uso de calmantes.

Nos capítulos finais vai agradecer a Deus, dizendo que foi lhe dada uma missão que procurou cumprir da melhor forma possível e que, infelizmente, apesar de ter sido o melhor prefeito da história, o dinheiro não aparece.Culpa do Pimentel e do Zema.

Fechar Menu