Sem receber

Segundo consta, muitos fornecedores da prefeitura têm entrado em desespero com promessas de pagamentos que não são cumpridas. Um deles teria entrado em desespero e não conseguiu segurar uma crise de choro na sala próximo ao gabinete do prefeito, alegando estar falido e sem ter como saldar o décimo terceiro salário dos seus funcionários.

Dizem também que o organizador de um evento de orquídeas realizado na cidade, com patrocínio da prefeitura, aguarda há mais de um ano pelo pagamento de R$ 17 mil. O calote tem lhe causado muita dor de cabeça, porque não tem como repassar o dinheiro para quem deve. O secretário da Fazenda e o fornecedor acaba ficando mal com aqueles que colaboraram na exposição.

 

Só promessas

Quem fica mal na fita é o secretário de governo Celso Donato, que já ganhou o apelido de “enrolado” porque recebe os credores em seu gabinete, promete que vai pagar as dívidas, mas o seu colega da Fazenda não cumpre o prometido. O prefeito já deu ordens para as secretárias que não recebe os credores e empurra o problema para o secretário de governo que por sua vez, joga a responsabilidade no secretário da Fazenda.

Donato tem sido alvo de muitas críticas e dizem até que em um dos casos de cobrança jogou a responsabilidade para os vereadores. Foi orientado por assessoras do gabinete que isso poderia gerar problemas futuro, mas respondeu que ele é o secretário e “sabe o que está fazendo”, dispensando o alerta das auxiliares.

 

Não agradou

A decisão de determinar com que os servidores municipais trabalhem no horário de 8h às 12h nos dias 24 e 31, que antecedem os festejos das festas de final de ano, desagradou a categoria. Isto porque muitos já haviam programado viagens para a casa de familiares e em outras cidades e dependendo da distância, não chegarão a tempo para a ceia.

A Secretária de Administração, Ana Alice de Souza, afirmou que a princípio a idéia era trabalhar o dia inteiro, mas que por fim decidiu só por meio expediente. Ela disse que se estabelecesse que não haveria trabalho nesses dias, corria-se o risco de servidores emendar todo o final de semana, gerando desagrado na população que não poderia contar com muitos serviços oferecidos pela Prefeitura.

Fechar Menu