Situação indefinida

 

Está cada vez mais complicada uma possível ida do ex-deputado Geraldo Thadeu para o DEM, segundo o que se ouve nos bastidores dos Democratas alguns integrantes da comissão executiva preferem não lançar candidatos a cargos majoritários e continuar na base de apoio do prefeito

O problema é que o ato de homologação ea publicação do resultado da eleição que elegeu Tiago Cavelagna como o novo presidente do partido substituindo o vereador Antonio Carlos Pereira está parado nas mãos do presidente regional da legenda, senador Rodrigo Pacheco.

Com isso o vereador continua, pelo menos oficialmente, presidente do partido. Por trás deste imbróglio existe ainda a briga que envolve o senador e o ex-presidente da legenda, Carlos Melles, que insiste em querer retomar o partido e essa encrenca também acaba interferindo no diretório local onde algumas lideranças do Democratas preferem o ex-presidente.

Como o ex-deputado Geraldo Thadeu, que é ligado ao presidente Rodrigo Pacheco, pretende se filiar na legenda para se lançar candidato a prefeito, a executiva do partido está dividida e deve se reunir nos próximos dias para tentar encontrar uma solução para o impasse.

Uma outra reunião será agendada pelo deputado Mauro Tramonte, em Belo Horizonte, com o senador Rodrigo Pacheco e o Secretário de Estado de Governo, Bilac Pinto, que é filiado a legenda, para depois do carnaval quando estarão presentes representantes do grupo “Preocupados com Poços”, do qual Geraldo faz parte, para decidir o impasse.

 

Tratamento diferenciado

Por mais de 20 minutos os vereadores discutiram ontem o privilégio e tratamento diferenciado dado pelo presidente da Câmara, Carlos Roberto, ao prefeito Sérgio Azevedo na sessão anterior. Quem levantou a discussão foi Paulo Tadeu dizendo que a situação foi atípica, porque o prefeito teria que ter chegado ao início da sessão e não podia ter tempo a mais de fala do que o permitido pelo regimento.

“Queremos o mesmo tratamento. Se o senhor flexibiliza para o prefeito pode flexibilizar também para nós, vereadores”,manifestou o petista. O presidente disse que não faltou com respeito aos vereadores e muito menos ao Regimento Interno, porque durante a sua fala o prefeito foi advertido por duas vezes por estar extrapolando o tempo.

 

DME-D entre as melhores

 

As distribuidoras de energia elétrica mais bem avaliadas pelos consumidores – por seus serviços prestados no ano de 2019, receberam nesta quarta-feira, o Prêmio ANEEL de Qualidade. Esta é a 17ª edição da premiação, realizada anualmente pela ANEEL e contou com a presença da diretoria colegiada da Agência, do ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, entre outros. A Celesc Distribuição S.A foi a grande vencedora da tarde e recebeu dois prêmios: Região sul acima de 400 mil unidades consumidoras e Brasil Concessionárias acima de 400mil unidades consumidoras. Entre as premiadas esteve a DMED, de Poços de Caldas, na categoria regiões sul e sudeste acima de 30 mil até 400 mil. As vencedoras receberam troféu, certificado e selo que representa o reconhecimento do consumidor por seu desempenho.

Fechar Menu